Rei do Futebol, Pelé morre aos 82 anos

O Rei do Futebol, Pele, morreu nesta quinta-feira (29), em São Paulo, aos 82 anos. Ex-jogador estava internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 29 de novembro. No sábado (3 de dezembro), ele entrou sob cuidados paliativos exclusivos após não apresentar respostas ao tratamento quimioterápico que vinha fazendo desde setembro de ano passado.

Essa última internação de Pele ocorreu após o Rei do Futebol apresentar um quadro de anasarca (inchaço generalizado), uma síndrome ederigémica (edema generalizado) e uma insuficiência cardíaca descompensada.

Nesta semana, na quarta-feira (22), a boletim medico divulgado pelo Hospital Albert Einstein apontou que o estado de saúde de Pele piorou. O ex-jogador precisou de cuidados relacionados as disfunções renal e cardíaca.

“Internado desde 29 de novembro para uma reavaliação da terapia quimioterápica para tumor de colon e tratamento de uma infecção respiratória, Edson Arantes do Nascimento apresenta progressão da doença oncológica e requer maiores cuidados relacionados as disfunções renal e cardiaca”, diz o boletim, assinado pelos médicos Fabio Nasri, Rene Gansl e Miguel Cendoroglo Neto)

Pele for diagnosticado com um câncer de intestino no dia 31 de agosto de 2021. após exames de rotina que o craque deveria ter feito em 2020, mas foram adiados por causa da pandemia da Covid-19. Quatro dias depois, ele passou pela primeira cirurgia para retirada do tumor.

Após a cirurgia, Pele iniciou sessões de quimioterapia. Em alguns períodos, como em dezembro do ano passado, precisou ser internado. Sempre de bom humor a craque brincava nas redes sociais a cada internação.

Em fevereiro deste ano, Pele publicou as vésperas do Super Bowl: “Tomara que tenha pipoca para assistir ao Super Bowl logo mais. Estarei vendo, apesar de meu amigo Tom Brady não estar jogando. Obrigado por todas as mensagens de carinho”

Durante a Copa do Catar, Pele também publicou postagens em suas redes sociais. No dia do segundo jogo do Brasil, 28 de novembro, contra a Suíça pela fase de grupos, o Rei brincou sobre as dificuldades da equipe no primeiro tempo.

“Como vocês estão depois deste primeiro tempo? Como diria meu amigo, Galvão Bueno: Haja coração. Eu acredito na vitória, e vocês, postou Pele – o Brasil venceu no segundo tempo, pelo placar mínimo.

Na quinta-feira (19 de dezembro), foi publicado um texto em que Pele agradece o Catar pelas homenagens feitas a ele no pais que recebeu a Copa do Mundo em 2022, conquistada pela Argentina.

Além do câncer, Pelé teve complicações de três cirurgias realizadas nos últimos anos. Uma para colocação de prótese no quadril e outras duas para corrigi-la. O Rei do Futebol, também nos últimos anos, apresentou problemas de locomoção após dores no joelho.

Fonte: O Popular

Notícias Relacionadas